Quatro fatos curiosos da matemática

Quinta, 15 de Julho de 2021

Vamos encarar os fatos: nem todo mundo é fã de matemática, como também existem aqueles loucos pelos números. A questão é que, mesmo gostando ou não gostando dessa matéria, sempre somos surpreendidos por alguns fatos curiosos que existem por causa dela. Sem contar que a nossa própria vida tem muuita influência vinda dessa ciência. Já parou para pensar nisso?

Em toda nossa existência somos cercados pelos números: o dia do nosso nascimento, a hora, o peso, as contas que fazemos todo mês para pagar dívidas, os preços do que compramos, divisões e multiplicações básicas do dia a dia, enfim, em tudo podemos ver um pouco da matemática. E pra não dizer que estamos exagerando, até mesmo a proporção áurea do seu rosto, o número de pétalas de uma planta, todos esses mínimos detalhes biológicos, tudo, a matemática estará ali só esperando para ser notada. E, já que ela sempre encontra um jeito de aparecer, nada melhor do que conhecer alguns fatos curiosos sobre a ciência dos números.

 

Obtenha qualquer número inteiro, de 0 a 100, utilizando o 4

 

Existe uma teoria chamada de os 4 quatros. Ela diz que, se utilizados 4 números 4 e sinais como soma, divisão, fatorial ou exponenciação, as pessoas são capazes de obter qualquer número inteiro entre 0 a 100.

 

Números transcendentes

 

Já ouviu falar dessa teoria? Os números transcendentes são números infinitos e não algébricos, ou seja, não existe nenhum polinômio de número inteiro que seja raiz. O número de pi é um dos exemplos (~3,14).

 

Quadrados perfeitos

 

Os quadrados perfeitos são raízes de números formadas pelos mesmos numerais, porém, invertida a ordem. Por exemplo, as raízes de 144 e 441 são, respectivamente: 12 e 21. Ou seja, tanto 144, 441, 12 e 21 utilizam os mesmos números, se invertem a ordem.

 

Número de ouro

 

Conhecido também como proporção áurea, o número de ouro é uma constante real que tem que ser igual a, aproximadamente, 1,62. Para obter esse número, dividimos uma reta em duas partes, de forma que a maior parte dividida pela menor seja igual à reta completa dividida pela maior parte. E o resultado dessa conta tem que dar algo em torno de 1,62.

 

Dizem que, para considerar um rosto perfeito, o tamanho do queixo até a base do nariz e da base do nariz até a testa precisam ser os mesmos. Assim como o nariz precisa ter a mesma largura dos olhos e a distância entre um olho e outro é igual ao tamanho de um olho. Apesar da teoria, há quem questione tal padrão de beleza muito utilizado por pintores e arquitetos.

 

Agora que você conhece mais algumas curiosidades da matemática, conseguimos convencer você de quão especial e interessante ela é? Continue estudando. Mesmo que uma matéria pareça ser chata, ela sempre será de grande utilidade para o nosso cotidiano!

Palavras-chave: curiosidade; matemática; número de ouro; quadrado perfeito; transcendente